sábado, 10 de novembro de 2012

#Swag - Desentendimento

Capítulo 3 - Desentendimento



 [JulieOn] 
 Como eu estava me sentindo? Zangada, não eu não sou bipolar, e sim eu sou sensível, não aguento ninguém gritando comigo em tom de raiva, me deixa completamente apavorada e com vontade de chorar, mas não por tristeza mas sim por raiva! Faz mais ou menos meia hora que estou em minha cama esfriando a cabeça, e acredite, não está funcionando, a última coisa que eu seria é vulgar, e odeio quando me chamam de vulgar ou qualquer outro nome pejorativo!
 Estava olhando para o teto na tentativa falha de limpar a minha mente para me acalmar, quando ouvi um barulho baixo, repetitivo e irritante, levou um tempo até o meu cérebro processar e entender que era apenas uma mensagem nova no meu celular, pelo menos eu tirei aquela música!
 Peguei meu iPhone no criado mudo ao lado da cama e olhei o aviso: Mensagem de Curt. Minha garganta ficou seca e eu fiquei tensa, incrível como minha irritação em segundos se alterou para medo, destravei o celular e coloquei a senha, a mensagem dizia:

"Oi amor como você está? Estou morrendo de saudades, com quem você está? Oque acha de eu te fazer uma visita? Duas semanas é muito quero ficar com você, está sozinha?"
- Curt

 Incrível, parece que ele não entende, antes de me mudar eu deixei bem claro que tínhamos terminado, ele é completamente obsessivo, a última coisa que eu preciso neste exato momento é ele aqui em Atlanta, com muita raiva respondi sua mensagem:

"Não me chama de 'meu amor', por que eu não sou seu amor e muito menos sua, não é de sua conta com quem estou, não temos mais nada juntos, e acho bom você manter uma distância mínima de 10 km de mim. Vê se me esquece, por que eu estou conseguindo te esquecer!"
- Julie

Não demorou nem 3 minutos e ele respondeu:

"Minha princesa acho que você ainda não entendeu que você sempre será meu amor ok? Quando você estiver mais calma eu te ligo para conversarmos direitinho, Beijos tenho treino de basquete agora =)"
- Curt

 Detestável e cínico é isso que ele é, mas também é frio e calculista quando quer ( hahaha rimou!!! ). Larguei meu celular em cima de minha cama e me levantei, me olhei no espelho e não gostei de que vi, muitas cicatrizes nos pulsos, olheiras fundas, um rosto transparecendo medo, cabelos desgrenhados e meu rosto brilhando de suor, é oficial: Necessito de um banho e urgente!
 Entrei no meu banheiro me despi e entrei no box, a água estava morna e relaxante, fiquei quieta de baixo da água durante um tempo me recuperando do susto, quando me senti bem fiz toda minha higiene, terminei, saí do box, me enrolei na toalha e fui pegar uma roupa, fui até a porta e a tranquei afinal tem 2 meninos aqui em casa e não quero ninguém me vendo nua!
 Abri meu guarda-roupa e como estava quase de noite e eu estava com frio peguei um moletom do mickey e uma calça de moletom cinza, coloquei meia de dedão e coloquei uma de minhas Havaiannas velhas, saí do meu quarto e notei como a casa estava quieta, provavelmente o povo estar tomando banho por causa da mudança! 
 Desci as escadas passei pela sala de TV e fui direto para a cozinha e para a infelicidade geral a única peste que já tinha tomado banho era Justin e estava lá tomando água e mexendo no celular que estava tão interessante que nem notou minha presença, passei por de trás dele que estava escorada na bancada central da quela cozinha grande, abri a geladeira e peguei a jarra com suco, peguei o copo no armário e o bati com força na bancada, provocando um belo de susto no Justin que quase vomitou o coração!
 - AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH MEU DEUS - ele deu um pulo e olhou para trás, nossa nessa eu caprichei o rosto dele estava branco! - ENDOIDOU GAROTA?? - ele colocou a mão no coração e começou a me xingar!
- Desculpe eu não tive a intenção - dei um sorriso falso e não me aguentei morri de rir!
- Isso vai rindo eu vou me vingar - ele deixou a frase solta e saiu da cozinha, ok ele pode pegar pesado mas eu também sei jogar esse jogo! Que os jogos comecem MUAHAHAHAHA! ~le eu fazendo risada maligna~
 Despejei suco no copo, que por sinal é de maracujá, e tomei aos poucos o gosto estava muito bom, adocicado e refrescante. Terminei de tomar o suco, lavei o copo e deixei no descanso para secar, passei pela sala vi Justin assistindo Two and Half Man, passei direto e fui para as escadas, entrei no meu quarto e peguei meu notebook.
 O ambiente estava ótimo, frio, do jeito que eu gosto. Liguei meu notebook e abri a pasta de fotos, as fotos foram passando lentamente, assim como as minhas lágrimas descendo pelo meu rosto. Na tela, fotos, de uma linda mulher com o rosto levemente envelhecido pelo tempo que não perdoa, uma pessoa cheia de vida e com um sorriso contagioso, mais conhecida como minha mãe, a dúvida de sempre permanecia martelando em minha cabeça: Por que ela? Uma pessoa tão boa que não merecia morrer.
 Por onde as lágrimas passavam deixavam um caminho fresco, que causava frio, e seguiam até meu queixo caindo em minha cama. Um sorriso involuntário surgiu em meu rosto, apesar da dor que sentia meu coração,  pausei a foto e observei mais atentamente; Na tela uma linda família feliz, um homem, uma mulher e uma filha de aproximadamente 5 anos, hoje essa família não é a mesma, encontrasse incompleta com uma filha infeliz e um pai que constantemente tenta compensar a falta que a mãe faz, mas não consegue.
 De repente a porta do quarto abre e por reflexo fecho o notebook com mais força do que o necessário e olho para a porta para descobrir quem me atrapalhou da quele modo, era meu pai.
 - Oi amor, tudo bem com você? - ele perguntou em tom doce
 - Claro pai - sequei as lagrimas rapidamente e tentei controlar minha voz, para pelo menos aparentar que eu estava demasiadamente feliz.
 - O que aconteceu? - ele fez cara de confuso e deu um passo hesitante a dentro de meu quarto.
 - Nada pai eu estou ótima - falei rápido de mais e dei um sorriso fraco.
 - Tem certeza? - ele insistiu.
 - Sim claro - sorri - como foi no trabalho? 
 - Huum foi legal - ele sorriu notando minha desviada do assunto - Eeeh você viu onde Pattie e Peter estão?
 - Na verdade não, acho que eles estão tomando banho por causa da mudança e tal - disse indiferente
 - Haam... ok - ele disse e saiu do meu quarto. Soltei um profundo suspiro e me deitei, aliviada; Abri o notebook e fechei as fotos, desliguei o notebook e fiquei pensando. São mais ou menos 6 horas da tarde e eu ainda não arrumei meu material, pelo menos tenho tudo comprado.
 Organizei tudo, e deixei mais material do que necessário na minha mochila, sou muito prevenida. Quando deixei minha mochila no pé da minha cama a porta de meu quarto abre, e quando olho é apenas minha futura madrasta.
 - Oi querida, desculpe interromper mas o jantar já está na mesa. - ela disse com um sorriso simples no rosto.
 - Ah não está inperrompendo não, pode deixar que eu já vou descer... Pattie. - respondi e ela fechou a porta. Como fora de meu quarto deveria estar mais quente me arrumei, ok é exagero eu vou continuar dentro de casa mas eu vou demorar lá então vou passar calor. Abri a porta e sai do meu quarto, desci as escadas e fui até a cozinha, todos estavam sentados.
 - Ótimo agora a reunião de família está completa EHHHHHH! - Justin disse irônico e bateu palminhas. - senta logo que eu estou com fome. - ele desfez o sorriso falso e disse rude.
 - Filho pare com essa criancice. - Repreendeu Pattie. - Sente-se querida.
 Me sentei e me servi em silêncio como todos os outros. (Meninas eu resolvi mudar o Peter, ele é assim: clique). 
 - E aí estão animados para a escola amanhã? - perguntou meu pai, visivelmente querendo quebrar o clima tenso.
 - Claro pai, claro. - disse e fiz uma cara tipo, WHAT?
 - A filha, poxa se mostre um pouco animada, é um lugar novo com pessoas novas, se de uma oportunidade de fazer novos amigos. 
 - Pai, tempo ok? - disse irritada, digamos que não seja um de meus assuntos favoritos.
 Larguei os talheres no prato pois já tinha terminado, fui até a pia lavei minha "sujeira", e sai com pressa da cozinha apenas dizendo um "Boa noite pessoal". Subi as escadas e fui para meu quarto, fechei a porta e fiquei parada pensando, amanhã será o dia D. Troquei de roupa colocando o casaco e a calça de moletom de novo, fui ao banheiro escovei os dentes e passei fio dental, desamarrei o cabelo e penteei um pouco. Desliguei as luzes do banheiro e do quarto, fui para minha cama, peguei me celular, coloquei o alarme para 6:40 e deixei salvo. Coloquei meu celular em baixo do meu travesseiro e fechei os olhos, imaginando oque estaria a vir a partir de agora.


-----------------------------------------------------------------------------------
Continua...

Oi =D muito obrigada pelo comentário Letícia Medeiros, eu respondi lá no outro capítulo!
Beijos meninas até mais.
1 comentário para o próximo capítulo?


Meu Tumblr: halfclums-yy.blogspot.com
Meu msn: isabeleregina@uol.com.br 
Meu Twitter: @jb_dreamsz


8 comentários:

  1. OOOOI,
    Cara, como o Justin é legal, to impressionada com a gentileza dele e na hora do susto que ela deu nele RI MUITO !!
    Quem é que fica animado pra ir pra escola ?!
    Esse Curt é muito imbecil msm ele devia aceitar que levou um fora pq assim ta demais velho !!
    E você devia sim achar a sua IB perfeita porque ela é MUITO perfeita !
    Coooontinua ?
    XOXO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente ele é muito mal educado, veremos se alguém da um jeito nesse danadinho! ;) Pois é eu também achei o Curt insistente e burro. Muito brigada kkkkkk mas eu julgo que apenas Deus é perfeito entende?! Pois é, assim que puder eu posto beijos!

      Excluir
  2. Noooossa veey tá muuuito perfeeita essa IB ! *--------*
    Coontinua flor , eu ameei ! ^^
    Bjos

    VitóriaMartins '

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Ai que ótimo *---* assim que puder eu posto!

      Excluir
  4. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH CONTINUA TÁ PERFEITO MEU DEUS ! POSTA LOGO PELO BIEBER AMADO ! #LEITORANOVA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk que bom que você gostou :D FICO MUUUUUUUUUUITO feliz ((((: Beijos!

      By: Isabele Regina www. twitter.com/jb_dreamsz

      Excluir