terça-feira, 20 de novembro de 2012

5 capitulo - Disaster - " Vago é o lugar dela "


Justin - On

   Quer saber bem a verdade ? To mesmo com aquela vontade vadia de jogar tudo isso pro ar e ir atrás dela . To cansado de procurar ... Já fazem 7 anos , fazem 7 anos que eu acabei com o que de mais precioso eu tinha , e também com o que de mais precioso ela tinha .
   Já ta ficando quase impossivel passar um dia sóbrio e não quase me remoer de vontade de gritar o nome dela se eu pelomenos me lembrasse pros 4 cantos desse mundo pra ver se ela me escuta e volta pra cá . Volta e vê o completo idiota que eu me tornei sem ela ... Um completo fracassado , é isso que eu sou sem a minha flor
   Já procurei pro todo esse mundo por ela e nunca encontrei ... O mais perto que cheguei foi saber que ela se tornou uma mulher da vida pouco tempo depois que desapareci da vida dela ... 
                       Se eu berrar, você me veria?
                             Você deitaria
                            Em meus braços e me resgataria?
                            Porque somos a mesma coisa
                             Você me salva - One Direction - More Than This
   Dentre tudo dentro de mim , o mais vago é o lugar dela .

      { 7 anos atras }
  A garotinha corria do monstro da cocegas que seu amigo fazia para irrita-lá sempre que não fazias o que ele queria . Ela com seus poucos 8 anos de idade e ele com seus 15 recém completos ... 
  _ Flor , você não ira se esconder por muito tempo  . Você sabe que sou melhor que você nesse jogo ! - brincou o garoto .  _ Kidrauhl , se eu sair promete que me deixa em paz ? - perguntou receosa a pequena .
  _ Só prometo se você for ir ver a maratona de filmes de terror comigo ! - deu-se de oportunista o garoto 
 _ Tá eu vou ! - disse a garota saindo de dentro do armário grande que tinha no quarto de sua mãe .
  
  Pouco era a maldade deles naquela época . 
                                           
                 { dias de hoje }

   Que saudades da minha flor , minha menina , minha pequena , minha princesa , minha nina , minha chica , minha vida , meu ar , meu chão , meu tudo , minhas lembranças , minhas cicatrizes mais profundas , minha maior incerteza certamente perturbante para mim . Mas o que importa é que e apenas minha .
  
                                                                    Justin - Off 





   Perdeu o controle de tudo e tornou-se escravo daquilo que ele mesmo criou . Já não sabia mais o que era viver por si mesmo . A droga é infelizmente o melhor caminho em direção a ela . Sua história foi escrita brutalmente errada . Torta , sem direção é a vida dele . Deixou-se levar pelo tempo da qual ele se fez refém . Nada pode ajuda-ló . O fundo do poço e onde ele se encontra . Não e possivel enxergar nem mesmo a primeira calha para ajudar com a subida . Submerso por seus próprias escolhas , por seus próprios medos , por seus próprios problemas . E como es o empurrassem cada vez mais baixo . Já atravessou a parede que divide a terra e o inferno a tempos . Lugar sujo , imundo . Um completo lixo e que se tornou . Um doente mental de certa forma . A unica salvação é ela. Um passado tão sujo , uma vida tão perversa . Algo doentio é o que ele se tornou . Perdido no eco . 
   Levantou-se daquela cadeira de seu escritório e foi para seu quarto com a seringa de heroína na mão . Entrou em seu quarto e jogou-se na cama grande que tinha ali . Abriu a seringa e fincou-a em seu braço fazendo no começo uma pequena careta , mas no meio de tudo lembrou que aqui certamente curaria por algum tempinho as feridas do coração . Tirou a seringa do braço e a atirou longe sem se importar com o sangue que escorria descontroladamente em seu braço . Levantou-se e andou ate seu closet , abriu o fundo falso por trás de sua prateleira de supras e pegou uma caixa grande e preta e seguiu de volta para a cama . Tirou o sapato e o resto da roupa ficando apenas de cueca boxer . Sentou-se na cama com a caixa no colo e abriu-a deparando-se com todas as memorias dela . Olhou uma por uma , parecia tudo tão real . Parecia que tudo aquilo havia sido vivido ontem para ele .

















 Olhou para a ultima foto e sentiu uma lágrima cair , pois era a ultima foto que havia tirado com ela , um dia antes da matar a mãe da garota ... Viu uma foto dela de criança e lembrou-se da pentelha mais amada por ele em todo esse mundo .


 Riu sozinho da ultima foto , e achou umas fotos que de fato sempre mexiam com ele .



  Encarou bem direitinho cada foto daquelas e derramou mais lágrimas . Lágrimas que ele era capaz de derramar apenas por ela .Olhou mais um pouco e achou fotos apenas dela .

























   Oh, como de longe era se possivel perceber , ele realmente sentia falta dela . Não só a falta dela , sentia falta dele também , de quem ele era ou de quem costumava ser , sentia falta das brincadeiras , do amor que ele guardava sempre só para ela .Ele sentia mesmo era falta de tudo ...

More ? Continued ?

Hey my princess , como estão ? Hmm , desculpa a demora para postar , ta meio muito corrido aqui ... Mas , já to pondo as coisas em seus devidos lugares . Gostaram do capitulo ! Feliz e meia xistinha com os comments do post passado . Vamos comentar bonequinhas minha ? Beijos com muito amor , Maarih !

 ~~~7 comments ! ~~

5 comentários:

  1. Continua logooo ! Vc escreve super bem :)

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH MAN ! CONTINUA PELO BIEBER AMADO !

    ResponderExcluir
  3. leitora nova aqui~~
    ta perfeito continua
    By:Giovanna

    ResponderExcluir